Cotas PIS-PASEP: como usar esse valor?

Trabalhadores que atuaram com carteira assinada entre os anos de 1971 e 1988 têm direito a receber as cotas do fundo PIS-PASEP. Para os funcionários do setor público, o valor é pago pelo Banco do Brasil no programa PASEP. Atuantes do setor privado, recebem pela Caixa Econômica Federal a quantia referente ao PIS.

Anteriormente, poderiam sacar o valor poupado as pessoas com mais de 60 anos, quem já estava aposentado, doente grave ou falecido. Em 2019 o governo decidiu liberar a quantia para mais de 8 milhões de pessoas.

Os pagamentos são ilimitados, e podem ultrapassar R$5.000. O saque deve ser feito no banco responsável pelo programa, apresentando documento de identificação e cartão de correntista.

Mas, afinal, como utilizar esse valor? O calendário de saques tem início em 19 de agosto, e a cota pode ser recebida uma única vez, pois não é acumulativa. Por isso, deve ser muito bem planejada.

São mais de R$18 bilhões pagos, e o cotista pode utilizar como quiser:

  • Pagando dívidas;
  • Investindo em plano de negócios;
  • Mobiliando a residência;
  • Em reformas;
  • Dando entrada em um novo carro;
  • Poupando em seu banco de confiança;
  • Viajando e etc.

Não há restrição sobre como essa quantia será utilizada. Mas, é importante lembrar que esse valor pode acabar e deve ser bem aplicado.

Para consultar se está entre os trabalhadores beneficiados, e quanto poderá receber do programa. Basta informar o número de identificação do PIS ou PASEP no site da Caixa ou BB, ou, comparecer até uma agência pessoalmente.

15 de agosto de 2019

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Cotas PIS-PASEP: como usar esse valor?

Claudia Teixeira

Jornalista com experiência na produção de conteúdo. Escreve sobre benefícios sociais e noticias recentes de política & economia.

Leave a Reply