INSS: conheça quais serão as regras para aposentadoria por idade e tempo de contribuição

O texto com Reforma da Previdência pode ser totalmente aprovado nas próximas semanas. Com isso, as regras da aposentadoria do INSS serão modificadas para todos os trabalhadores.

Novas formas de aposentadoria passam a valer nos próximos anos. De acordo com a Reforma da Previdência, que deve virar uma emenda na Constituição Federal, outras regras serão adotadas. Principalmente no que se diz respeito ao tempo mínimo de contribuição e a idade do trabalhador.

A ideia é que com essas alterações, os cofres do governo sejam poupados em quase 1 trilhão de reais nos próximos dez anos. Já que os pagamentos das aposentadorias serão tardios, e o período de contribuição maior.

Uma das mudanças mais significativas está relacionada a idade mínima. Com a reforma aprovada, a partir de 2020 os homens poderão se aposentar com 61 anos e as mulheres com 56 anos.

Mas, essa idade vai sendo acrescida anualmente. Em 2027, os homens trabalharam com até 67 anos. Para as mulheres a regra é diferente, são acréscimos de 6 meses até que em 2023 elas se aposentem com 62 anos.

Os trabalhadores do setor privado devem contribuir por 15 anos se mulheres, e 20 anos para os homens. Os homens que já estão no mercado podem utilizar a regra para contribuição de no mínimo 15 anos.


publicidade:

Servidores públicos precisam atingir 25 anos de contribuição, seja homem ou mulher, sendo que desse período são necessários 10 anos no serviço público e 5 no cargo.

A regra atual para trabalhadores rurais não foi modificada, permitindo a aposentadoria com 55 anos para mulheres e 60 anos para homens. Os professores poderão solicitar a aposentadoria com 60 anos, e as professoras com 57 anos, sendo necessário 25 anos de contribuição para os dois casos.

Homens e mulheres que atuam como polícia militar, civil, federal e agentes penitenciários, podem requerer sua aposentadoria com 55 anos. Tendo pelo menos 25 anos na função, e no mínimo 30 anos como contribuinte.

Atingindo o mínimo de contribuição o trabalhador recebe até 60% da quantia referente a aposentadoria. Na busca pelos 100% é necessário atuar por mais tempo, a cada ano à mais contribuído, aumentam 2% no valor do salário de aposentado.

12 de agosto de 2019

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

INSS: conheça quais serão as regras para aposentadoria por idade e tempo de contribuição

publicidade:


Leave a Reply