Texto da Reforma da Previdência terá pelo menos mais duas votações

No dia de 10 de julho a Câmara dos Deputados se reuniu para a votação do texto referente a Reforma da Previdência. Na ocasião, foram 379 votos a favor e 131 votos contra as medidas.

Para validar o processo era preciso que pelo menos estivessem presentes e participassem da assembléia 308 deputados.

As medidas tratam principalmente das alterações sobre a aposentadoria, tema polêmico entre os brasileiros. A proposta tem o apoio do Governo Federal, e objetiva economizar com os gastos anuais destinados a previdência. Segundo a Câmera dos Deputados em dez anos as medidas poupariam R$1 trilhão ao Governo.

Os decretos e propostas que fazem parte da reforma foram escritos por uma série de deputados. Por isso, essas medidas precisam ser lidas com atenção e aprovadas por toda a comissão que representa a classe.


publicidade:

Entre os dias 6 e 8 de agosto deve haver um novo turno para tratar sobre o mesmo assunto na Câmara. A ideia é assegurar que os deputados estão certos sobre suas decisões.

Em seguida, a próxima votação deve acontecer no Senado, passando por uma comissão que analisará todas as propostas. O outro passo é encaminhar a reforma ao Plenário onde também acontecerão dois turnos de votações, com pelo menos 49 votos cada.

Caso o Senado aprove, essa se tornará uma emenda na Constituição Federal. Os trâmites podem ser ainda mais demorados se os senadores alterarem algumas das medidas. Nesse caso, o texto deverá voltar aos deputados para nova votação.

29 de julho de 2019

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 5
Total de Votos: 1

Texto da Reforma da Previdência terá pelo menos mais duas votações

publicidade:


Leave a Reply